Ao santissímo ser amado

Já reparou que quando gostamos de alguém tendemos a seguir um modelo certinho e padronizado de relacionamento? Pois bem, hoje viemos tirar do pedestal aqueles que nunca foram santos!

Quantas vezes, mesmo que sem perceber, fazemos uma separação gigantesca entre amor e sexo? Sim minha gente, muitas pessoas quando estão num relacionamento não se libertam como fariam em uma transa casual. Muitos casais que se dizem companheiros de vida não se sentem à vontade para conversarem sobre seus desejos. Por aqui só conseguimos nos perguntar: que tipo de companheirismo é esse?

Não achamos que deva ser algo natural o receio de se soltar e gozar de todas as suas safadezas com a pessoa amada. Os casais que não exercem essa troca de conversas sobre o assunto tendem a achar que se expressarem seus desejos o relacionamento estará comprometido, mas vamos contar um segredo pra vocês: é justamente ao contrário!

Veja bem, quando um dos parceiros não se sente a vontade para expressar seus desejos sexuais, consequentemente ele fica insatisfeito com ele mesmo e acaba levando tamanha frustração para outras áreas do relacionamento que nada tem a ver com a verdadeira causa. O pior de tudo é que o outro nem sequer teve a chance de saber o verdadeiro motivo de tamanha insatisfação. Já deu para entender que todo esse processo vira uma bola de neve né?!

Conversar sobre a vontade de frequentar casas de swing, fazer ménage, voyeurismo, entre outros fetiches, parece algo que vem carregado de culpa para ser dito ao ser amado, porém, esconder tais desejos deixam o relacionamento menos prazeroso do que poderia ser. Veja, não estamos dizendo que o parceiro deve aceitar todas suas vontades e sim que ele deve ter o direito de saber sobre elas e escolher se quer ou não vivencia-las junto a você.

Rompa com a ideia de que o seu amor deve ser santo. Pense que seu companheiro é somente uma pessoa que possui suas próprias vontades, desejos e que curte uma safadeza na hora certa. Aqui podemos até voltar aquele velho conselho da vovó: “existe hora certa para tudo!”. Então, de uma vez por todas entenda que a hora de sentir tesão e de pensar em como será a relação sexual de vocês deve ser conversada e praticada como tal.

#ClubeHot

1 thought on “Ao santissímo ser amado

  1. Se você ainda sente algum tipo de dificuldade em conversar com seu parceiro sobre aquele seu desejo dos sonhos, nosso clube de lingerie pode te ajudar! Assinando o PLANO HOT você passará a receber mensalmente em sua casa produtos que vão estimular e facilitar essa troca de conversas que são tão importantes para a saúde do seu relacionamento. Não corra mais o risco de ficar insatisfeito com você mesmo e ainda levar isso para dentro do relacionamento. Assine agora mesmo e façam bom proveito! 😉 http://www.shimbalaiee.club/assinaturas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *