Dia internacional da mulher e 3 dicas importantes para você

Ao contrário do que muitos acreditam, a mulher poderosa não tem a ver com estética ou com o magnetismo exercido sobre o sexo masculino.

Todas nós somos poderosas, pois lutamos diariamente por nosso espaço no trabalho, na mídia ou em qualquer um dos ambientes atribuídos como sendo próprios para homens.

Todas nós somos poderosas pois, durante toda nossa vida enfrentamos a ditadura da beleza, criticas sobre nossos comportamentos sociais, morais e sexuais e estereótipos sobre a nossa condição quanto mulher.

Todas nós somos poderosas e nem por isto devemos deixar de nos empoderar cada vez mais. Hoje, no dia das mulheres, queremos te dar de presente algumas dicas de como se tornar cada vez mais empoderada. Vamos lá?

1- Pratique a Sororidade

Crescemos ouvindo que mulheres não são amigas de verdade umas das outras. Nos dizem que, nós mulheres, somos muito competitivas e odiamos nossas rivais. Grande besteira!

O machismo prega isto tudo para que vivamos em torno (adivinhem só de quem), dos homens! Que fique claro que não estamos de forma alguma indo contra os homens, mas sim, estamos indo contra aqueles ou aquelas que pregam uma competição infundada por parte das mulheres.

Comece desconstruindo discursos machistas, parando de rotular aquela mulher que não curte se arrumar muito ou aquela que beija vários na balada, por exemplo.

Ao invés de criticar as atitudes de outra mulher, que tal respeitarmos as escolhas dela? Não aponte o dedo, abrace e ambas serão empoderadas.

Sororidade nada mais é que a união entre mulheres que se reconhecem como irmãs formando um grupo político e ético na luta pelo feminismo contemporâneo. PRATIQUE!

2- Seja você mesma

Nós mulheres sempre estamos sujeitas a uma chuva de moralismo e comentários que por vezes podem mudar nossa verdadeira essência.

Não mude para evitar julgamentos ou agradar alguém. Se você gosta de beber cerveja no boteco sujo junto com seus amigos homens, faça isso!

Assuma o seu controle! A vida é sua e ninguém melhor que você para decidir como vivê-la.

3- Saiba que você é o maior amor da sua vida

A Shimbalaiee é fã de falar sobre a autoestima e o amor próprio, porque sabemos como estas duas características tem o poder de mudar vidas.

O amor próprio tem a capacidade de salvar milhares de mulheres vítimas de violência doméstica, por exemplo. Relacionamentos abusivos são mais comuns do que pensamos. Eles podem estar sendo vividos por mulheres muito próximas da gente ou até mesmo por nós mesmas, uma vez em que, nem sempre é fácil identificar esse tipo de abuso.

Se o seu parceiro quer controlar todo o seu dia, com quem você conversa, o tipo de roupa que você deve vestir, te coloca para baixo e te humilha de qualquer forma que seja: ALERTA VERMELHO, fique atenta!

O relacionamento abusivo e a violência doméstica não se caracterizam apenas quando há a agressão física (por exemplo sexo sem consentimento com seu parceiro), mas também quando há agressão verbal ou ameaças. Se por um acaso você já foi ameaçada, apanhou, ou foi forçada a fazer sexo com seu companheiro sem sua vontade, você foi vítima desse tipo de violência.

Grande maioria das mulheres não denuncia por esperança de que seu parceiro irá mudar ou por medo do agressor. Se você identificou que está vivendo este tipo de violência, mas se sente confusa ou com medo, procure ajuda de alguém próximo e de sua confiança. Converse com outras mulheres e tenha coragem! Assim como você, milhares de mulheres são vítimas desses covardes todos os dias e em todas as partes do mundo.

Tenha amor próprio, não deixe que seu companheiro se torne o maior sabotador da sua autoestima e caso esteja sendo vítima de abuso ou violência doméstica denuncie na central de atendimento à mulher discando 180.

Desejamos que, no dia internacional da mulher, vocês ganhem cartões, flores e chocolate; mas que, acima de tudo, todas as mulheres possam ganhar mais sororidade, respeito e consciência do verdadeiro papel da mulher na sociedade. Feliz dia da mulher! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *